Ainda sobre a facul

Ano passado – pelo mês de agosto – decidi voltar a faculdade. Dessa vez fazendo Publicidade e Propaganda.

Já postei anteriormente sobre isso, e agora queria compartilhar sobre o curso e a experiência de se voltar a estudar um pouco mais “madura”.

Quando entrei pela primeira vez na Universidade, aos 18 anos, não tinha ideia e maturidade do que fazer, tanto que acabei optando por Administração, por sugestão dos meus pais que são empresários. Não vou dizer que foi a pior experiência da minha vida, porque apesar de ter odiado o curso, alguma coisa nele eu teria que aproveitar.

Fui jogando com a barriga até os 22, 23 anos, até que cheguei na disciplina de Publicidade e Propaganda, e me apaixonei. Me achei na verdade. Tranquei, fiz Design gráfico e só depois resolvi ir para a publicidade.

Nos primeiros dias de aula, me senti um E.T. na sala, já que fazia um tempo que não pegava em cadernos e respondia chamadas. E pra começar, já entrei na 2ª fase, onde as “panelas” já estavam formadas. Mas no decorrer dos dias, foi melhorando, se enturmar agora parece mais fácil que ha 15 anos atrás (pelo menos eu tentei aparentar isso).

Fiz 5 disciplinas ao todo: Fotografia (onde finalmente entendi o que é e pra que serve ISO, DIAFRAGMA e OBTURADOR), Planejamento de marketing publicitário (o prof. é dimais), Comunicação e marketing (primeiro dia de aula o prof. sai com uma assim “tu mora no Abraão? Morei 13 anos na frente da sua casa” oi?), Comunicação e Política (mais comunicação que política, graças a Deus) e a matéria mais foda desse semestre, Teoria da comunicação (difícil, mas igualmente fantástica).

Das coisas legais que posso dizer é saber que não estou sozinha nesse barco, pois encontrei várias pessoas que não tiveram oportunidade de fazer um curso antes, como por exemplo o pai da minha amiga Lê, que aos 70 anos (ou por aí) resolveu fazer Psicologia. Ou outras colegas que conheci lá, que por conta de filhos pequenos, também tiveram que adiar o sonho de se formarem.

Outra coisa positiva que posso dizer é a satisfação de você estudar aquilo que gosta. Parece papo de CDF ou discurso repetitivo, mas é verdade. Não tinha uma aula que eu ia “arrastada”, por mais sono que estivesse, chegava feliz por estar ali.

Esses anos todos entrando e saindo de cursos, por mais que pareça perda de tempo, acho que foi melhor, pois nessa fase da minha vida, parece que entendo melhor as matérias, tenho mais vontade de aprender. Não que antes eu era uma aluna relapsa e desinteressada, mas agora está diferente.

Não vejo a hora de voltar.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s